Os projetos fixos apresentados nas categorias do blog são apenas modelos. Personalizamos qualquer projeto com o tema e as cores que você desejar.

domingo, 25 de setembro de 2011

SIL, A MÃE...

Meninas, que alegria a recepção que tive como Sil, a mãe... quantos comentários calorosos! Isso me empolgou para continuar a contar minha história!


Então, vamos lá... para quem não viu o começo, está AQUI!


... então, fazendo o ultrassom aos 5 meses, confirmei o que já sabia... era mesmo uma menina!! E eu com meu segredo, que já não era mais segredo, e com aquelas roupinhas lindas de menino que tinha comprado...


Daí que comecei a ficar estranha, toda grávida aos olhos dos outros (de quem nunca engravidou) é um pouco estranha... todo aquele xororô, toda a sensibilidade do mundo... mas, era mais que isso... era uma tristeza e, por mais que possa parecer loucura, estava muito feliz por estar gerando uma vida, me sentia plena como mulher, mas triste... 


O nosso inconsciente faz com que tenhamos pensamentos, atitudes e sentimentos muitas vezes incompreensíveis para nós mesmos. 
Triste por saber que seria mãe de uma menina??! E, talvez por reviver minha própria história e saber que tinha uma ligação especial com meu pai, mais do que com minha mãe?! (a psicanálise sempre escancarou o Complexo de Édipo, "o amor do filho pela mãe" e, é bem menos conhecido o Complexo de Electra, "o amor da filha pelo pai"). E, provavelmente a fantasia de que minha filha amaria mais seu pai do que a mim... 


Passei por uma fase assim, que durou um período da gravidez, mas passou...


Queria muito parto normal, mas Jú não estava facilitando, não virava... eu não sentia dores, nem contrações, nada de dilatação... e foi passando o tempo, então a inevitável cesárea.


E veio ao mundo aquela menininha cabeluda com  a cara do pai, minha menina da pá virada e, nunca senti tanta felicidade... ao amamentar pela primeira vez, parecia que estava nas nuvens, flutuando... e tudo pareceu se encaixar perfeitamente quando estava com minha filha em meus braços.


Até os próximos capítulos!


Título da página: 1º Vôo da Menina

Jú sendo erguida pelo pai... ela adorava!





BJS

SIL

23 comentários:

Angi disse...

Sil,
que lindo e estou amando conhecer a Sil como mãe!
beijocas
ótima semana!
Angi

Dani disse...

Que linda! Eu quero um parto natural também, mas tô com medo da dor, haha :P

Enfim, entrou de algum jeito, tem que sair de alguma forma né? :P

Linda filha Sil, boa semana!

Ivna Pinna disse...

Sil, a mãe, é uma mãe como todas as outras, cheias de incertezas e inseguraças, mas qndo finalmente pegou sua bbzinha nos braços, se sentiu realizada! rs
Linda Sil!!!

Beijos

Delicatto Atelier disse...

Sil, mãe linda!
Essas incertezas fazem parte do show da vida... também fiquei nas nuvens quando amamentei pela primeira vez. Continue contando a sua história, estamos adorando!

Bjs

Bertha

Elza Carrara disse...

Pois é Sil, a gravidez é um período novo, que traz diversos tipos de sentimento, alegria, ansiedade, choro, tristeza, emoção...vai entender, rsrs
Devem ser os hormônios descontrolados, ahah
Adorei saber um pouco mais sobre você e seu período mais importante como mulher :)
bjs

Ana Campos disse...

Sil, linda estória de mãe e filha...
bjs

Paulinha disse...

Eu ñ posso aprender a mexer com essas coisas, senão paro minha vida e fico o dia todo fazendo álbum pra tudo (mãe, pai, irmã, BEM e até cachorro.) rsrs
Lindeza d+! parabéns!

http://socorrominhairmavaicasar.blogspot.com/

Andréia Sales disse...

Sil, que linda sua história, estamos esperando mais rsrsrs
Ser mãe é uma dádiva de Deus.
Eu me tornei outra pessoa depois que meu lindo Samuel nasceu. A gente vê o mundo de uma forma mais colorida, mais bonita e mais harmoniosa.
bjks pra vcs !!!

Cristiane disse...

Sil, bençãos para vcs!!! Tudo de bom!!! Cris

Carolina disse...

Minha mãe e minhas tias me deixaram com medo de parto normal, viu? =/

E diz minha mãe que mesmo sem fazer exames já sabia que era uma menina e fez todo o enxoval só no palpite! =D

=***

Mari e Léo disse...

ah, que legal, conta mais um pouquinho vai rsrs!
bjus

Funny Paper disse...

Meninas!! Podem comentar sem susto, viu?! Se estiver aparecendo um aviso de vírus no meu blog, já identifiquei que NÃO TEM VÍRUS! O blogspot, para variar, é que está doidinho!!

Bjs

Sil

Jaqueline Nascimento disse...

Sil, querida, post inspirador!!!
Adorei!!!
Flor, o meu blog tem seção nova, chama-se wow! Dá uma olhada lá, vc também pode participar!!!

Bjks da Jaque ;)

http://danieljaquesisposeranno.blogspot.com/2011/09/wow.html

Edna Fernandes disse...

To adorando saber um pouco mais do seu lado mãe e de como foi sua tragetoria nesse mundo chamado maternidade, tem uma amiga que tb ficou triste ao saber que seria mãe de menina, mais depois as coisas se acertaram.
aguardo os próximos capítulos.
bjs

Renée S. Costa disse...

Sil!!
Adoro os seus relatos!
São tão cheios de sentimento...
Beijos

Sra. Mari disse...

Ai ... eu nem fiquei grávida ainda e já sofro de imaginar q meu filho(a) nascer com a cara do pai ! rsss Meu sonho é que seja minha xerox pra sair na rua e ninguem ter dúvida de que é meu filho(a) rsss ! Aloka !

Tô adorando os posts !

bj

Carol Liôa disse...

q lindo! amiga clarice tb ama ser erguida, mas eu nem ergo ñ, jogo p cima mesmo kkkkkk bjsss

Laiz disse...

Eba eba...mais episódios!!Estou adorando conhecer mais da Sil mamis!!! Eu fui uma grávida super sensível, briguenta e chorona rsrs Tadinho do Edu! Mas ficamos a flor da pele nessa fase...
Beijinhossssssssssssss

Vivi disse...

Sil, querida...dei uma sumidinha...mas foi de tudo na blogsfera...

to adorando os episódios da Sil mãe... vc tem cara de mãe....rsrs...adoro...

bju

Marcela lusia disse...

Sil querida me indentifico cada vez mais com você. Essa nova fase de nossas vidas nos refletir sempre mais.
beijos linda!

Fernanda e João Paulo disse...

Que legal Sil...
Sabe lendo o que vc relata, me vejo angustiada desde já, pois sempre, sempre penso em ser mãe de menino! Cada coisa q a gente pensa né!
Enfim muito bom ler essas coisas... A foto do vôo ficou ótima :)
Bjs
Vou acompanhar os proximos relatos...

Telma disse...

Lindo Sil! Se os sentimentos tivessem alguma razão conhecida seria fácil! Quero mais capítulos! Beijos (lindo quadro)

SoL disse...

conta maisssssssssss
adoroooo
bjinhos